Administrador


Ir para o conteúdo

Menu principal:


Magusto 2013

Actividades

Na próxima segunda-feira, 11 de Novembro 2013, iremos fazer o nosso magusto, como vem sendo habitual.
Contaremos com a presença de um assador de castanhas profissional.
(click na imagem ao lado para impimir e pintar)

Clik para impimir PDF para crainças pintarem

São Martinho e as castanhas

O tempo vai refrescando, o Outono instala-se no dia-a-dia, com a natureza a dar os primeiros sinais da época: as copas das árvores a amarelarem e o Sol que teima em esconder-se sobre o manto de nuvens. Altura ideal para dar um passeio e provar as
castanhas assadas, compradas em resposta ao apelo mais que apregoado do “quentes e boas”.

As castanhas são, essencialmente, procuradas
no dia de São Martinho, a 11 de Novembro. Em tempos idos, eram comuns os “Magustos”, ou seja, grandes fogueiras ao ar livre, no campo, “rodeadas de grupos alegres que cantam e dançam enquanto a fogueira medra e as castanhas estoiram”.

O vinho novo, jeropiga ou água-pé, jorrava generosamente, acompanhando as castanhas assadas, pois, como diz o adágio “
no dia de São Martinho vai à adega e prova o vinho”.

Consideradas, actualmente, quase como uma “guloseima” de época, as castanhas, em tempo idos, constituíram um nutritivo complemento alimentar, substituindo o pão na ausência deste, quando os rigores e escassez do Inverno se instalavam. Cozidas, assadas ou transformadas em farinha, as castanhas sempre foram um alimento muito popular, cujo aproveitamento remonta à Pré-História.

Ingredientes

  • 1 Kg. de castanhas
  • Sal grosso(q.b.)
  • Água (q.b.)


Preparação/Confecção

  • Prepare as castanhas dando-lhes um golpe com uma faca, a fim de não rebentarem.
  • Salpique-as com água, para o sal aderir mais facilmente e para que a casca fique mais estaladiça, permitindo que se retire com mais facilidade.
  • Polvilhe as castanhas com sal e coloque-as num tabuleiro de ir ao forno ou num assador de barro furado. Coloque o tabuleiro no forno ou o assador de barro na lareira sobre as brasas, tendo o cuidado, quer num caso quer noutro, de as mexer de vez enquando.
  • Quando estiverem assadas coloque as castanhas num recipiente de barro e sirva, a fim de que cada pessoa descasque a sua parte.
  • Acompanhe com jerojipa ou água-pé.


Nota:
As castanhas podem também ser cozidas. Para tanto basta golpeá-las, colocá-las num tacho e quando a água estiver a ferver temperá-las com sal e erva doce. Depois de cozidas podem ser consumidas simples, com manteiga ou servir de acompanhamento a pratos de carne.
Existem ainda as castanhas piladas (secas) que servem para fazer uma deliciosa sopa de castanhas.
A castanha era uma das grandes fontes de alimentação das gentes desta região até ao princípio do século XX, altura em que a grande maioria dos «soutos» foi dizimada por uma doença denominada «tinta». Hoje ainda restam alguns castanheiros resistentes e descendentes dessa época nas povoações da Serra do Açor.
Não será por acaso que ainda hoje existem povoações com nomes alusivos ao castanheiro: Porto Castanheiro, Souto da Ruiva, etc.

QUENTES E BOAS...!!..

...Ao canto do Outono, à esquina do Inverno,
o homem das castanhas é eterno...

Quentes e boas!!....Quentinhas...

Para além de meia dúzia de folhas secas perdidas pelas ruas do centro e destes dias tristemente minguantes, já hoje se sentiram os primeiros arrepios.
O Outono chegou tarde e encharcado, tirando do armário o cheiro de um frio antigo e fazendo sair à rua o eterno homem das castanhas...

Uma nuvenzinha de fumo eleva-se no ar.
No passeio, o carrinho do homem das castanhas atrai quem passa.
O vendedor agita o assador e apregoa:
- Quentes e boas!...Quentinhas..
Já a imaginar aquele sabor, de regresso a casa, aproximo-me dele:
- Quantas quer, menina?
- Uma dúzia, bem assadinhas.
Prossigo caminho.
Já ao longe, aquecida pela doçura quente das castanhas, oiço ainda:
- Quentes e boas!...

Adivinhas...

Qual é a coisa, qual é ela, que é macho e dá fêmeas?

O meu fruto é mais doce, que o milho fabricado, todos o comem com gosto, cru, cozido ou assado?

Tenho camisa e casaco, sem remendo nem buraco, estoiro como um foguete, se alguém no lume me mete?

Provérbios

Quem não sabe manhas, não come castanhas.

Mais vale castanheiro, que saco de dinheiro.

Castanha quente só com aguardente, comida com água fria causa azia.

Rimas

Lá vai uma, lá vão duas
três castanhas p`ra fogueira
Uma é minha outra é tua
outra é de quem a queira

Desafio

Quentinhas e boas...Também queres??
É fácil....Adivinha, provérbio ou rima..
das três uma...qual preferes??
Diz uma ...e saltam as castanhas lá de cima...

Oferta

Ahhh....e já agora, porque não...
um copito de jeropiga...

-Penso com os meus botões: Ai..não...já cá cantam!!..
Quentinhas e boas!!..


Voltar para o conteúdo | Voltar para menu principal